Balanço do fim de ano

quarta-feira, dezembro 21, 2016




No último mês do ano costumam vir cobranças daquelas promessas feitas no réveillon. O que você desejou no dia 31 de dezembro? O que prometeu cumprir e deixou de lado mais uma vez porque a vida é muito difícil para lidar? 

Em dezembro bate a sensação de que mais um ano passou rápido demais e não deu tempo de fazer absolutamente nada de significante, como se você tivesse apenas existido e não vivido nos últimos 360 e poucos dias. 

Poucas pessoas realmente conseguem parar e balancear a vida de janeiro até dezembro, as mudanças acontecem e mal conseguimos perceber. Talvez você não tenha conseguido mudar de emprego, mas quantas pessoas conheceu nos últimos meses e que não imaginaria conhecer quando brindou no dia 1º de Janeiro? Já parou para pensar no quanto amadureceu nos últimos 12 meses? Com certeza muitas ideias e certezas mudaram sem você se dar conta. 

Essa é a graça de todos os anos. Nós amadurecemos e crescemos sem perceber. Muitas pequenas coisas mudam e acabam afetando nossa vida por completo e, ao fim do ano, somos outras pessoas. Pode ser que você não tenha começado a academia que prometeu ou se reconciliado com alguma amiga de infância, mas e daí? O ano acabou, mas a vida ainda não, tente não se limitar à promessas. 

Esse é o mês de fazer retrospectivas, faça e lembre-se não só das coisas ruins que aconteceram, não se esqueça do momentos bons que viveu nos últimos meses. Se prepare para viver mais um ano da sua vida da forma mais incrível que conseguir. 

Faça do próximo, o melhor ano da sua vida. 


Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe