Dois universos

domingo, novembro 22, 2015



Sou adepta ao pensamento de que dentro de cada um de nós existe um universo inteiro. Nossa alma é composta por galáxias, constelações imensas esperando para serem exploradas por alguém corajoso o bastante.

Acredito também que temos dentro de nós buracos negros, grandes vácuos que sugam tudo do mundo, buscando ser preenchido com algo que não sabe o que é. Vivemos nessa busca. Quem sabe encontramos alguém que, com o seu universo particular, nos preencha como um todo?

Durante a vida já encontrei pessoas completamente vazias, mas também já me deparei com outros universos tão completos e complexos, que me instigavam a desvendá-los. Um desses, acabou se encaixando perfeitamente com o meu. Aos poucos fomos descobrindo que tínhamos muito em comum e diversas outras coisas que se completavam.

Talvez ele não saiba, mas o universo dele é estranhamente lindo. Cada galáxia que ele possuí eu sinto vontade de desvendar, e sinto que é recíproco.

As outras pessoas que nos conhece, não conseguem compreender como funcionamos. Estamos além do tradicional compreensível e isso é o mais bonito que poderíamos ter. Fico feliz em saber que nosso universo é inexplorável por outras pessoas, só nós dois sabemos onde estamos. E isso basta.

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe