A vida está rápida demais

domingo, outubro 25, 2015



A vida vai ficando cada vez mais corrida, cada vez mais complicada. Vai chegar um momento que ninguém terá tempo pra pensar, observar o céu ou de falar "Eu te amo". E eu nunca consegui entender como tem quem fique realizado e feliz por trabalhar 12h por dia, ficar resolvendo problemas o tempo inteiro e não ter um minuto de silêncio pra esvaziar a cabeça.

Confesso que ainda não encontrei meu lugar no mundo, não faço ideia do que quero ser quando crescer. Às vezes tenho vontade de voltar pra minha infância, quando tudo que eu queria era possível na minha imaginação. Se eu quisesse ser professora, médica, mãe de 3 filhos, secretária, veterinária, eu seria. Quando a gente cresce o mundo fica chato, entediante, monótono, cinza.

Antes o dinheiro só era importante pra comprar doces e brinquedos, ou ás vezes nem isso. Porque conseguia brincar sozinha, dançando e cantando pelo quintal. Agora bate a dor de cabeça todo início e final de mês pra tentar fechar as contas e não ficar devendo pro  banco. Hoje, a única cor que predomina é o vermelho do extrato bancário.

Não gosto de ficar presa, de fazer sempre as mesmas coisas. 

Só de pensar no futuro tenho medo, pois não faço ideia do que fazer. Só quero ficar quieta, ouvindo música, lendo livros e escrevendo o que me der vontade.

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe