Meus maiores amores

terça-feira, novembro 18, 2014

Gosto de ler palavras bonitas, aquelas sinceras que saem nos momentos inesperados quando estamos com alguém especial. Frases que pensamos em dizer, mas não dizemos e acabamos guardando somente para nossos monólogos nas madrugadas. Textos escritos que nunca deixamos ninguém ler por medo da vulnerabilidade, por insegurança.

Me apaixono por quem não tem medo de expor o que sente, fala com o coração e não somente com os lábios. Pessoas que sabem que uma palavra pode melhorar o dia do próximo, trazer um sorriso para um dia nublado. Tenho um amor único por Vinicius de Moraes, o canalha mais romântico que já tive o prazer de ler. Admiro as palavras amorosas, melancólicas e sinceras de Chico Buarque, fui fisgada pelos seus maravilhosos olhos hipnotizantes. Sinto a necessidade de abraçar e me aconchegar nos braços de Cazuza quando o ouço cantar seus poemas tão íntimos. Eu e Renato Russo teríamos momentos de desabafo e consultas psicológicas, enquanto conversaríamos sobre música, política, sobre o universo.

Me inspiro um pouco em cada um deles, me encontro em cada um de seus versos e frases escritos com o coração e com a alma. Espero um dia poder me expressar com a emoção e sinceridade com que cada um destes meus amores escreveram um dia.

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe