No final, somos sós.

quarta-feira, outubro 08, 2014

A Gente Morre Sozinho by Fresno on Grooveshark
Quantas pessoas te disseram que estariam pra sempre ao seu lado e hoje você não faz ideia de onde estejam? Quantas prometeram que você poderia contar qualquer coisa em qualquer hora e quando você mais precisa não atende o celular? Eu mesma já perdi as contas das vezes que isso aconteceu comigo e, mesmo assim, ainda acredito e confio nas pessoas com a minha ingenuidade. Aos poucos fui aprendendo que ninguém fará o mesmo que faço por elas, ninguém dá o devido valor aos pequenos sacrifícios que fazemos no dia a dia, estão todos ocupados demais cuidando de suas próprias vidas. Enquanto isso, eu, você e todos nós que supervalorizamos quem nos cerca, aprendemos a lidar com os problemas sozinhos, nos tornamos autodidatas por livre e espontânea  pressão e necessidade.   Tenho certeza que à noite quando bate a melancolia e o excesso de pensamentos, poucas - ou nenhuma - pessoas ficam sabendo dos seus conflitos internos, suas angústias ou nem sequer respondem às suas mensagens ou ligações. Nos arrependemos da atenção em excesso que damos a quem, tecnicamente, não merece, as coisas que fazemos e deixamos de fazer, que no final acabam passando despercebidas. É difícil aceitar que somos completamente dependente de quem não se importa, que faz pouco caso ou quem não valoriza absolutamente nada do que fazemos. É difícil assumir que estamos sozinhos, não importa quantas pessoas estejam a nossa volta. No final, ninguém estará lá por você, quando tudo acabar, estaremos sozinhos. 

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe