Um ombro pra desabafar

quarta-feira, agosto 27, 2014

Ei, me deixa chorar nos seus ombros por algumas horas? Prometo não ser tão chata e dramática, é que nos últimos meses eu guardei muitas coisas e agora estão me sufocando demais. Preciso falar tudo,  mesmo que você não entenda nada e que não faça muito sentido, mas isso me faria tão bem. Procuro fazer esse tipo de coisa pra eu mesma, mas confesso que não funciona muito bem, é como aliviar um lado e superlotar o outro, no fim das contas eu só mudo os problemas de lugar, não os resolvo.

Não me pergunte o porquê de nada que te disser, okay? Apenas ouça e balance a cabeça de vez em quando pra me dar um apoio moral, como se realmente estivesse ouvindo. Se por acaso eu chorar, não me diga pra parar, ou que é bobagem, chorar faz tão bem quanto dar risada, alivia e traz uma sensação de que o peso dos ombros foram tirados por algum tempo.

Talvez você pense que sou uma pessoa muito problemática e que ao invés de te procurar, deveria ter ido ao psiquiatra ou sei lá o que, mas eu não quero esse tipo de ajuda, quero alguém que de alguma forma vai entender o que sinto, mesmo que não tenha nenhuma dessas frases de livros de autoajuda para me dizer como conselho. Aliás, nem ligo pra conselho, nunca os sigo.

Ah, antes de ir embora, me abrace. Gosto de me sentir protegida quando estou fragilizada. 

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe