Dois em um

segunda-feira, agosto 04, 2014

Somos dois corpos seguindo nossas vontades e desejos, entre quatro paredes, alguns móveis e roupas espalhadas pelo chão frio. Somos sem pudores, restrições e medos. Nossos olhares se encontram no percurso, entre um suspiro e outro, no caminho dos nossos lábios. Nossas mãos vão descobrindo curvas e nuances do oposto. Um pedido sussurrado, um puxão, uma mordida, uma marca. 
Minha personalidade nunca vista por outro alguém, meus instintos nunca antes despertados. Deixo- me levar pelo desconhecido; livre, mas querendo ser domada. Faço o que quero, te faço querer. Te solto, me agarro, te puxo, me levo. Abraços selando o desejo, o "eu te amo" dito bem baixinho, o fôlego inexistente. 

Todo o amor, carinho e depravação que existe entre nós. Todo meu libido despertado apenas por você. 

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe