Dois antes e um depois

sexta-feira, agosto 29, 2014

Eu e você sempre fomos assim, duas pessoas. Cada uma em seu mundo e, de vez em quando, fazíamos coisas juntos. Quem via de fora não fazia a menor idéia de como era esse nosso convívio, era melhor assim mesmo. Lembro de um dia que eu te disse o quanto te amava, cheguei até a dizer que preferia te fazer feliz do que ser feliz, mas o que me marcou aquele dia foi sua resposta: "no meu mundo, só tem espaço pra uma pessoa, eu mesmo". Talvez fosse realmente assim, mas naquele momento eu preferiria que você mentisse e dissesse algo meloso o suficiente que fizesse diabético ter crises.

Ao mesmo tempo que você era rude, grosso, rígido, eu era calma e cautelosa, paciente e extremamente romântica. Eu via o lado bom de tudo, esperava sempre o final feliz de todos, me doava pela felicidade alheia.

Era assim que funcionávamos: você, dentro de si mesmo. Eu, abraçando as dores de todos e ajudando a curá-las. 

Uma vez, o vi triste e sua dor era sentida em mim. Seu olhar vazio me afetava diretamente como balas atiradas no meu coração. Sabia que odiava que perguntassem se estava bem, então não o fiz, sentei do seu lado e ficamos em silêncio por eternos minutos. Não nos olhamos, nãos nos tocamos. Mas eu sabia, sentia que só de estar ao seu lado, você se sentia melhor.

Engraçado quando paro pra pensar, mas nós tínhamos um jeito tão único de expressar o que sentíamos, algo tão estranho e bonito, ao mesmo tempo que melancólico, como aqueles poemas de Vinicius de Moraes: longos, com uma pitada de tristeza e romantismo, dosados da forma certa.
Foi depois de você que aprendi que as palavras tem poder, quando me entregou um livro com a capa gasta, onde mal dava pra ler o título, e me disse que depois de ler aqueles versos eu aprenderia a lidar melhor comigo mesma, aprenderia a ser sozinha de vez em quando.

Não sei se agradeço por ter feito parte da minha história, ou se praguejo ter te conhecido. Por enquanto apenas digo que na minha vida existe duas divisões: antes e pós você. Só não sei se isso é algo bom ou ruim, fica a seu critério. 

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe