Na imensidão.

quinta-feira, abril 17, 2014

Demons by Imagine Dragons (Boyce Avenue feat. Jennel Garcia cover) on Grooveshark



O dia estava cinza, com a garoa fina mal se via o outro lado da rua. Eu estava caminhando, há pouco mais de uma hora, sem lugar certo pra ir. O trânsito estava lento como o de costume e a maioria das pessoas passavam apressadas por mim; alguns com pressa pra viver, outros com pressa pra tudo acabar.
Eu estava com a cabeça cheia, coração apertado, muitas coisas pra fazer, pouco tempo pra viver, muito o que pensar.Tirei os óculos pra enxergar menos todo aquele caos ao meu redor, já que não podia evitar o que havia dentro de mim, como se por pelo menos um momento eu estivesse sozinha dentro de toda aquela imensidão.
Pensei em alguém pra quem eu pudesse ligar, só pra ouvir alguém perguntar se eu estava bem, conversar sobre coisas fúteis, me distrair, mas não consegui. Mesmo depois de tanto tempo, continuo preferindo minha própria companhia e conselhos, mesmo que eu não os escute na maioria das vezes... É melhor do que preencher o vazio com alguém que não se importe.
Tudo bem, as coisas se ajeitam. 
Atravessando uma passarela vi lá de cima como todos nós somos pequenos e não significamos nada pra a imensidão do universo. Talvez essa seja a questão, por não significarmos nada, procuramos nos provar tanto uns pros outros. E ainda tem gente que não entende porquê gosto de ficar sozinha. 

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe