Você é meu eixo

quinta-feira, março 06, 2014




Penso e repenso todos os dias, por que eu gosto tanto de você? Droga. Por quê? Não era pra ser assim. Eu gosto tanto de você ao ponto de abrir mão das coisas que eu não gosto, entendeu? Não? É, pois é. Assim que é gostar de você, não tem como entender.

Não é que você tenha só defeitos, tem lá suas qualidades também. Daquelas que todos procuram em um alguém por aí, mas sabe, seus defeitos me irritam. Pronto, falei, seus defeitos me irritam, mas nem assim eu consigo ficar brava com você, nem assim consigo parar de falar com você. Percebe o quanto isso tudo é complicado de compreender? Já tentei prometer não te ligar, mas aí vou lá e ligo, já prometi não entrar nas redes sociais e te procurar, mas vou lá e acho. Que culpa tenho eu se esse meu amor me deixa burra? O que mais me irrita é quando eu estou brava, furiosa, extremamente estressa e vem você, todo com aquele seu jeito desengonçado, falando besteiras que pra as outras pessoas não tem sentido nenhum, mas que pra nós dois tem a maior graça do mundo e me faz rir e esquecer o motivo da minha irritação. Eu poderia passar horas listando o que me irrita em você, do mesmo jeito que eu poderia passar a minha vida inteira enumerando as coisas que eu amo em você. 

Não gosto de admitir minhas fraquezas, principalmente pra você. Aprendi, com o passar do tempo, a não chorar na sua frente e nem expor meu real estado de espirito. Não é que eu queira fingir que estou bem, mas de que vai resolver desabar na sua frente, gritar e espernear feito uma criança pequena querendo o colo da mãe? Eu sei, eu sei, você me protege, você me ama e quer meu bem, mas não acho justo comigo (nem com você) jogar meus problemas desse jeito, principalmente quando você não tem nada a ver com eles. Mas em contrapartida, você também tem que entender que eu sempre quero saber como você está se sentido, porque você não quer mais ir aquele lugar que combinamos ontem? Me de um motivo, mesmo que você invente algum só pra eu calar a boca. Quero saber dos seus desejos e dos seus medos, quero saber como e porque você escolheu passar esse tempo do meu lado. Se essas respostas vão fazer diferença? Não, é claro que não, mas elas vão aliviar essas minhas duvidas, já é alguma coisa, não? Já falei demais. Agora fala você. Vai, pode dizer o que quiser. Qual pergunta você responde primeiro? Sei lá, escolhe. Eu sempre te disse pra você fazer o que te deixa mais feliz, pois bem, faça isso. Você já sabe que não há nada que você possa fazer pra eu parar de amar você.

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe