Anything for me

sexta-feira, março 21, 2014

Nada por mim by Renato Russo & Herbert Vianna on Grooveshark

Há algum tempo você não me olha mais nos olhos, não me abraça antes de ir embora e deixar saudade, seu perfume nem gruda mais nas minhas roupas. Seus telefonemas estão cada vez mais curtos: "Oi, tudo bem? Ah, hoje não dá pra passar aí, depois a gente se vê.", me evitando.
Ontem fiquei deitada no chão da sala, olhando pro teto e ouvindo uma música melancólica. Fechei os olhos e repassei na minha cabeça os últimos acontecimentos entre nós dois, não parecia justo com nenhum de nós, mas mesmo assim eu não era capaz de tomar nenhuma iniciativa que, era obviamente, necessária. Quando estava mal, procurava refúgio em você, mas e agora que a causa do meu mal estar era justamente suas ações, pra quem eu ia correr pra me aninhar num abraço? Eu só tinha você na minha vida, não tinha nenhuma outra pessoa que fosse capaz de me acalmar e me dizer que ia ficar tudo bem.
Depois de tantos anos, era estranho me olhar no espelho e não te ver junto. Você me tinha por inteira, e agora estou sozinha e com o coração em pedaços. Muito obrigada por isso.

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe