O que devia ser feito.

quinta-feira, fevereiro 27, 2014

Sweetest Goodbye by Maroon 5 on Grooveshark



 Um livro aberto numa página qualquer. Folhas rasgadas de um caderno velho. Garrafas vazias de alguma bebida ruim. Violão empoeirado perto da cama. Janela aberta. Cama bagunçada. Roupas jogadas no chão. Minha vida estava resumida a isso desde que me lembro. Meu telefone não tem mais linha, acho que esqueci de pagar as últimas contas, na verdade a caixa de correio não é aberta há meses. Talvez lá tenha cartas de alguém que não fala comigo há anos, ou só contas atrasadas. Meu celular não tem mais bateria. Mesmo assim ninguém veio me ver, me perguntar como eu estou, se já se passou tempo suficiente pra que eu consiga recomeçar minha vida. Tudo bem. Estou bem.
Eu deveria sair de casa, ir caminhar pelo bairro, comprar pães fresquinhos na padaria ali da esquina, cumprimentar a vizinha regando as flores do jardim, perguntar pro dono da banca de jornal como está aquele campeonato de futebol: "Tá difícil. Pior ano", ele diria. Deveria ir na casa da minha mãe, visitar minha avó e passar na casa do meu irmão só pra ver quem é a namorada da vez.
Acho que me sentiria melhor se arrumasse a casa e jogasse fora tudo que é velho e empoeirado, tudo que está gasto e amarelado pelo tempo. Organizar meus livros e CDs. Arrumar a cama e meu guarda-roupa.
Mas o que eu mais quero, de verdade, é dormir e sonhar. Talvez amanhã quando eu acordar eu faça tudo isso, ao invés de escrever.

Você também pode gostar de:

0 comentários

Subscribe